Cerro Largo, 15 de julho de 2024. Boa Noite!
[email protected] (55) 9.9982.2424
Logomarca LH Franqui
Publicado em 09/07/2024 12:24:22 • Geral

Aeroporto Salgado Filho retoma embarque e desembarque

Mas os pousos e decolagens continuarão a ser na na Base Aérea de Canoas
Aeroporto Salgado Filho foi alagado pelas enchentes que atingiram o estado (Foto: Rafa Neddermeyer / Agência Brasil)

O Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, vai retomar as operações de embarque e desembarque de passageiros na próxima segunda-feira (15/07), informou a Fraport, empresa responsável pelo terminal. Os pousos e decolagens, no entanto, continuarão a ser na na Base Aérea de Canoas, para onde os passageiros serão levados de ônibus, o que vai exigir que os passageiros cheguem com três horas de antecedência.

O terminal não recebe voos desde 3 de maio, por causa das chuvas que inundaram várias áreas de Porto Alegre. A pista e o térreo do prédio ficaram alagados por cerca de um mês. Atualmente, o embarque é feito no Terminal ParkShopping Canoas, na região metropolitana da capital gaúcha, a cerca de 9,6 km de distância.

Os embarques e desembarques serão no segundo e terceiro pisos do aeroporto, não afetados pelas chuvas, segundo a Fraport. O processo de check-in e despacho de bagagem será realizado na área originalmente destinada aos voos internacionais.

 

Possibilidade em outubro

A medida foi anunciada depois da liberação pela Agência Nacional de Aviação Civil no dia 21 de junho para estes procedimentos, mas não há previsão da Anac para a pista do aeroporto da capital voltar a ser usada. Na quarta-feira, no entanto, em entrevista à GloboNews, o governador Eduardo Leite (PSDB) afirmou que o Salgado Filho pode ser reaberto parcialmente em outubro.

"Há um relatório que deve ser consolidado para sabermos qual tipo de intervenção na pista será necessária. Não tive acesso a esse relatório, mas algumas informações que recebemos nos dão expectativa de que, ainda que parcialmente, o aeroporto possa ser reaberto em outubro", disse Leite.

Em junho, Andrea Pal, CEO da Fraport, informou ao GLOBO que as operações devem voltar só no fim do ano, e a estimativa preliminar de custo para recuperação do Salgado Filho era de R$ 1 bilhão. A inundação afetou o sistema de bagagens, o datacenter, as subestações de energia e o sistema de ar-condicionado.

A Secretaria de Turismo do Rio Grande do Sul estimou que um fechamento do Salgado Filho até o Natal resultaria em um prejuízo de R$ 1,4 bilhão. Além de Canoas, dois aeroportos mais distantes da capital, em Caxias do Sul (a 125 km) e Passo Fundo (a 305 km), passaram a receber voos que iriam para o Salgado Filho. Com isso, a oferta de passagens aéreas nacionais para o estado em junho alcançou 66% da verificada antes das enchentes no mês.

 

Como vai funcionar

Check-in: o check-in e o despacho de bagagem serão na área internacional. A inspeção de segurança será no embarque internacional. Os passageiros irão de ônibus à Base Aérea de Canoas. Quem desembarcar em Canoas será transportado ao Salgado Filho, onde vai retirar suas bagagens.

Horários: o terminal funcionará das 6h às 21h. O passageiro deverá se apresentar no aeroporto três horas antes do voo. O processo de embarque terminará uma hora e meia antes da decolagem. Após este período, os passageiros não poderão ingressar na sala de embarque.

Fonte: O Globo
Aeroporto
Aeroporto Salgado Filho
embarque
desembarque
Base Aérea de Canoas
CONTINUE LENDO
Receba nossas notícias pelo WhatsApp